21 de janeiro de 2018

Duo Talu - PB Festival Pilares do Tribal



E esta foto cheia de atitude é das lindas Luana e Thaismary que juntas formam o Duo Talu.

Thaismary Ribeiro e Luana Aires – João Pessoa – PB 
Instrutoras do Festival Pilares do Tribal

2h/aula -  Uso da Máscara e construção do personagem no Tribal Brasil, com referência no Cavalo Marinho e na sua relação a comédia Dell Arte.

Uso da máscara e construção do personagem no Tribal Brasil, com referência no cavalo marinho e na sua relação com a comédia Dell Arte. 

O Cavalo Marinho é uma brincadeira popular encontrada na zona da Mata pernambucana e em algumas cidades da Paraíba que reúne música, teatro, canto, poesia e dança (tombo do maguio, trupé e pisada solta). Além da dança, as figuras da brincadeira utilizam máscaras e trejeitos específicos, também acionados na construção dos tipos, arquétipos presentes na Commedia Dell Arte pela introdução de aspectos fantásticos, cômicos ou grotescos desenvolvidos de forma muito particular por cada ator/dançarino. Trabalhamos alguns desses elementos para experimentar a criação de personagem no Tribal Brasil.



Luana Aires (João Pessoa/PB), dançarina (DRT nº 1661), professora e pesquisadora em dança. É licenciada em dança pela UFPB e atua profissionalmente desde 2010 com pesquisa e criação em Fusão Tribal, Danças Urbanas (Locking, House Dance e Freestyle Hip-Hop), Danças Populares Brasileiras e Teatro. Integrou por 4 anos da Cia Lunay (PB), direção de Kilma Farias e 2 anos a Cia. Fuá de Terreiro (PB). Atualmente ministra aulas regulares de Fusão Tribal no Studio de Dança Vanessa Lira, Leo Aires Casa de Dança (PB) e Cenário Arte e Cultura (PB).

Thaismary Ribeiro (João Pessoa/PB) É Bacharela em Teatro (UFPB), Dançarina (DRT n°1663), Passista, Professora, Pesquisadora e licencianda em dança pela UFPB. Nascida no berço do cavalo marinho (Condado -PE), dedica-se à pesquisar danças populares brasileiras e danças étnicas orientais desde 2012. Estuda dança Tribal e Fusões desde 2013 e integrou a Cia Lunay (PB) por 2 anos, direção de Kilma Farias e é integrante e atualmente diretora, da Cia Fuá de Terreiro (PB) desde 2013, integrante do Cavalo Marinho Boi Maneiro (PE) e percussionista integrante do Maracatu Nação Pé de Elefante (PB). Ministra aulas regulares de dança do ventre no Studio Ana Soares (PB) e Studio Joseana Vicente (PB).




A proposta de duo nasce em 2017 com o desejo de pesquisar o corpo em sua totalidade. Trazendo uma recente, mas vasta trajetória artística que passa pela pesquisa na dança tribal, dança do ventre, teatro, manifestações populares brasileiras e música. Na dança tribal vislumbram a vanguarda de pesquisa de fusões e hibridismos. Desde a sua formação o duo já participou de diversos eventos com trabalhos autorais, como Enedo (RN), I Encontro de Danças Étnicas (PB), II Encontro de Dança Tribal da ETA/UFAL (AL), Caravana Tribal Nordeste (PB), Palco Preto (PE), Bailaço (PB), Academia Paraibana de Letras, além de construir uma pesquisa acadêmica com foco na cultura popular. 




A aula desse dueto incrível ocorrerá dia 11 de março, corre e garanta sua vaga: festivalpilares@gmail.com

Onde?
Mostra de Dança alunos/convidados & Inst
Xeros tribais!
Aguardamos você lá...

Pré-venda aberta:






20 de janeiro de 2018

Lilian Kawatoko - Festival Pilares do Tribal






Lilian Kawatoko 
É instrutora do Festival Pilares do Tribal

SisterStudio® FCBD® desde 2012, formada em São Francisco – CA.
Desde então se dedica ao ensinamento e propagação do estilo no Brasil com o seu projeto ” Propagando o ATS no Brasil” dando aulas regulares em SP e viajando com workshops intensivos por vários lugares do Brasil, entre eles: Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e Ceará.
Recentemente formou sua primeira turma de general skills, uma trajetória de 4 anos com o mesmo grupo de alunos.

Formada em Design de moda, pesquisadora na área de figurinos, história, tinturarias manuais e dona da marca Khalidah de figurinos para artistas.

Serão 3h/aula com Lilian, sendo 2h de FloorWork e 1h de Dancing Flow, não poderia ser melhor. Técnica inigualável nos trabalhos de chão e experiência para alçar altas jornadas no Flow de ATS®.

As aulas da Lilian ocorrerão dia 10 e 11 de março, solicite programação (festivalpilares@gmail.com) e fique por dentro de todos detalhes.


Lilian se apresentará na Mostra dos Instrutores, reserve seu ingresso! :)

Local das Aulas:

Mostra de Alunos/Convidados & Instrutores

Av Santa Isabel, 490 Barão Geraldo. Campinas-SP




19 de janeiro de 2018

ATS Reunion 2018 - Níjme presente!




Muitas novidades estamos aguardando através de nossa instrutora no Festival Pilares do Tribal.


Nìjme desembarcou em Kansas City para uma jornada de aulas e estudo que trará fresquinho até nós. Estamos super ansiosas, não estamos?!

Quem ama estudar levanta os Snujs!!!
Dia 9 à 11 de março, Festival Pilares do Tribal com todas estas novidades.

E para matar a saudade, olha o vídeo publicitário do ATS Reunion, com Níjme e a mais Badulaqueira das Marias.

Xeros tribais.

Andrea Albergaria - Festival Pilares do Tribal





Andrea Abergaria
É instrutora do Festival Pilares.

Dança Indiana para Fusões, uauuuu!!!!!!

Mestra em artes da cena. Pesquisa as danças clássicas da Índia, principalmente a dança Odissi, desde 1996, tendo como foco a interpretação (abhinaya) e o mudar (gesto) na cena. Trazendo a tradição para o contemporâneo, seu método pessoal Upaya Panch é utilizado para bailarinos e intérpretes de diferentes linguagens, principalmente os que trabalham com fusão.










Sarau Pilares do Tribal - dez 2017



Para o Festival Pilares, Andrea trará poses e movimentos da Dança Clássica Indiana voltados a Fusão, o que enriquecerá suas bases e o tornará eternamente apaixonado por este cultura tão rica. 





Inscrições para o Work de Andrea: festivalpilares@gmail.com

A mostra dos Instrutores está especialmente rica, vamos reservar convite?!
Vamos!

Local: Rudá Bar


Av Santa Isabe, 490 Barão Geraldo. Campinas-SP




O workshop de Andrea ocorrerá dia 10 de março, consulte nossa programação e se programe. Vagas limitadas para essa Oficina nababesca.

 Local:

Pré venda, Open:



18 de janeiro de 2018

Traçando metas, como profissionalizar sua dança.

Recentemente saiu o resultado de uma pesquisa realizada pelo OPA Fest 2018 - Argentina e fui selecionada para uma Oficina de ATS® com Props, no caso a Saia.

Neste momento de total regozijo me coloquei a pensar a respeito da caminhada na dança e como é importante traçar o quanto antes os planos para o futuro.

Bem...

Quando você procura por aulas de dança o que tem em mente? Diversão, abrir o nicho de amizades, condicionamento físico ou há o vislumbrar de uma vida dedicada a dança? 
Aula com Rachel Brice - 2014

Muitas vezes começamos buscando somente uma alternativa ao sedentarismo e logo logo a arte toma corpo e a alma se identifica encontrando nesta forma de expressão uma nova significação para o ato de expirar e inspirar.

Identifiquei que a dança seria vital para mim na 1ª vez que vi o ATS® ao vivo, meu corpo foi percorrido por um intenso frisson e dali em diante persegui com determinação os planos de ser professora do estilo.

Kristine Adams - 2014
Em 2014 fiz meu primeiro curso internacional com Kristine Adams, lembro até hoje das palavras de Kris para mim, quando viu meu pavor em seguir rumo a liderança, "relaxe hoje você vai tirar usa carteira de motorista".  2015 foi o ano do General Skills com Carolena e Megha, que abriu minha mente para me jogar de vez em muitas horas aula com todas sisters disponíveis, pacotes PowHow do FCBD® e me sentir preparada mente/corpo para encarar o Teacher Training programado para 2017.
Ensaio Carrie Meyer - San Francisco - Traje de Chita e Crochê que usei na mostra
Mostra de Dança  - San Francisco 2016
Com Liz Malcom
















2016 já tinha inúmeras horas aula de ATS® e resolvi investir em uma viagem para San Francisco, visando participar do ATS® Homecoming, onde também me apresentei na mostra de dança (que tenso :) e 3 dias de aulas intensivas/avançadas no extinto Studio do FCBD®, que maravilha, fico feliz de ter ido, afinal o studio já não existe mais (não aquele da porta vermelha que todas nós, amantes do estilo, ansiavamos adentrar) foi lá também que aprendi os amados Shell Games com Liz Malcom (Devyani), apesar de todos esforços de Mama C e Kristine, com Liz que enfim entendi como aquela engrenagem funcionava e hoje é uma das marcas registradas do meu grupo Mandacaru Tribal. Neste mesmo ano tivermos o 1º Festival Pilares do Tribal com Kae Montgomery e bailarinas de todo Brasil prestigiando nossa proposta de imersão tribal.


Com Mama C após minha performance

Realizando o sonho de conhecer Suhaila Salimpour e o Studio - 2016
2016 Studio FCBD®

Ainda em 2016 criei o Mandacaru Tribal, grupo de alunas que desejam dançar pelo mundo e dentro dele hoje há um segmento mais profissional, com muitas horas de ensaio onde podemos praticar todos dialetos diferentes unidos a técnica de base, o bom e velho vintage do ATS®. Agora, 2018, estamos dando vida ao projeto juvenil, em breve novidades. 
Mandacaru Tribal

Certificação - San Francisco 2017































Mas voltando na linha do tempo,  em 2017... após muita elucubração decidi voltar a San Francisco e dar o próximo passo, o Teacher Training. Voltei a cidade de Mama C, participei de mais 3 dias de ATS® Homecoming com técnicas e dialetos dos mais variados grupos ao redor do mundo e coroando toda essa caminhada, me certifiquei. Foi inesquecível conduzir um Drill com toda turma e o olhar atento de Carolena, Megha e Kelley em mim, tenso, nervoso mas por outro lado, delicioso e marcante.

2016 - Curso Avançado no Studio FCBD

2016 FCBD®















Agora me preparo para meu primeiro Workshop Internacional, após viajar para tantas cidades do Brasil dando aulas, fazer boas amigas de caminhada e ser inspirada por incontáveis histórias de superação e sorrisos de acolhimento, vejo como segui todos passos que tracei lááááá em 2012.

Com Kae -2016 Festival Pilares

Anita Lawani e Kris - 2017

Isabel de Lorenzo - 2017




















Já estudei com praticamente todas sisters, continuo estudando, uma professora não deve parar de estudar nunca! É vital para nos mantermos vivas e atualizadas. Agora sigo para estudos com Devi Mamak e rumo a essa oficina de ATS® com o uso de saia, vocabulário que aprendi com a criadora do estilo, Krisztina Naz-Clark, de quem tive aulas durante os estudos em San Francisco, Maria Fomina e Katarzinia Lidia.


Helm - Hafla 2017

Masha Archer - 2017


Olhar para nossa caminhada, reverenciar todos passos, ter orgulho de tudo que conquistamos é um dever de todas nós!!! Os passos são dados bem lentamente, até que finalmente no horizonte começamos a ver o SOL, muito investimento precede toda e qualquer carreira, seja na dança seja em qualquer outra profissão.

Se você almeja esse trilhar foque em boas professoras para técnica de base, não tenha pressa em se tornar uma instrutora, não antes de ter certeza e consciência da responsabilidade que estará em suas mãos, a saúde mental e corporal de suas futuras alunas.
Workshop em Indaiatuba-SP

Workshop em Recife- PE

Workshop na Bahia

Recife - 2016
Ah, aulas de couching podem ajudar também, se você é uma pessoa que tem dificuldade em traçar metas, planos e objetivos. 

Brasilia - 2015
Kae - 2016


Kelley Beeston - 2017

Rumo ao Festival Pilares em março e o Opa Fest, 2018 será outro ano marcante para mim.
Xeros tribais.