30 de janeiro de 2018

Flamenco como base para postura de ATS®


Lee Honda é nossa instrutora convidada a trazer o FLAMENCO como base técnica para postura do ATS®. Sabemos que este lindo estilo de dança, com origem (segundo alguns flamencólogos) na dança gypsy é também uma das danças que servem de referência para construção de nosso vocabulário dentro do American Tribal Style®.

Esta oficina visa conferir base estrutural a mantença de nossos braços e a conhecida intenção flamenca, presente na alma, rosto e olhar de um dançarino.



Lee Honda – Campinas-SP – 01h/aula  -“Flamenco/Fundamentos para Fusões e Braços e Postura para ATS”.

Graduada em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUCCAMP), teve seus primeiros passos no ballet clássico em sua infância.

Ingressou à arte Flamenca em 2001 com a professora Verena Menichelli e desde então aprofunda-se nesta arte com referências do cenário artístico nacional e internacional.

Aprimorou seus estudos na Espanha em 2002 na Escola Amor de Diós com professores de renome internacional e em 2014 com o projeto Viagem Encuentro Flamenco, apoiada pelo Governo Federal através do Ministério da Cultura junto ao grupo Soniquete.

Atuou no projeto "Nosso Flamenco", contemplado pelo FICC-2013 (Fundo de Investimento a Cultura de Campinas) em apresentações pela RMC, dando sequencia pelo circuito SESC.
Atualmente integra o Grupo Soniquete Arte Flamenca, é professora de dança flamenca no Estúdio Em Cena de Indaiatuba e dirige o Lagartera Coletivo em shows de tablado e projeto de fusão com ballet contemporâneo e música brasileira.

 E se você se interessou pelo Flamenco, pense no Indiano compondo sua fusão, com Andrea Albergaria e o Tribal Brasil com bases em matrizes e raízes da cultural nacional o Duo Talu da Paraíba.

Inscrições e informações:
festivalpílares@gmail.com
Postar um comentário