20 de janeiro de 2016

HISTÓRIAS DE MARIA - Minha Experiência com AS Pilares do Tribal

Conhecer as 3 Pilares da nossa dança, uma experiência que guardarei com muito carinho.

Carolena já tinha conhecido e estudado ao longo de 2015, quando fiz o General Skills com ela e Megha. Aqui, tivemos somente um pequeno (minúsculo) vislumbre de quem é realmente nossa Mamma C, em San Francisco (CA) o seu nível de descontração é aconchegante, você quase sente que pode falar, conversar, tocar, beijar sem ficar tenso (quase, porque eu sempre fico). Ao termino do meu primeiro dia de aulas intensivas no estúdio do FCBD® tive a ousadia de pedir por um vídeo do sorteio da primeira vaga para formação da Trupe que dançará com Kae... ela iluminou o rosto sorrindo e disse; claro, Maria. Fiquei em choque! Claro? Assim, tão fácil, pois é... desse jeito.
Após minha performance no ATS Homecoming, Carolena e eu

O comportamento dela durante essa semana que vivenciei diariamente de sua companhia e ensinamentos foi sempre acessível. A última aula, com a técnica do FLOW, foi emocionante, ela dançava no palco de costas pra nós e ao termino virou em lágrimas dizendo como uma menininha: esse é o melhor mês do ano, prometem que voltam ano que vem? Que aparecem para me visitar?

A sala de umas 200 pessoas ficou em lágrimas e rolou essa linda foto com todos ao lado da Mama.
Foto da última aula - encerramento do ATS Homecoming 2016
É uma sensação que não se consegue explicar com precisão, necessita vivenciar. Estar no ambiente e sentir.
Então, chegou do dia de conhecer a filha de Jamila Salimpour, Suhaila! Tentei muito encontrar Jamila, mas com quase 90 anos e com a saúde debilitada, não pode ir ao meu encontro. No entanto, Suhaila é a dinastia Salimpour, preserva seu legado e foi muito generosa comigo.  Conheci seu estúdio, cheio de referências a história de sua mãe e filha, dá pra ver um filme nas paredes, fui convidada a fazer uma aula (não deu pq a rotina do FCBD® era muito apertada e o estúdio ficava em outra cidade), ganhei presentes e conversamos muiiito. Encontro especial, jamais esquecerei. 

*Vi uma aula, Jesuuuuuuuuuus o que era aquilo!!! (coisa de gente grande). Lógico que mencionei a Carine e sua loucura por Jamila, alunos... e tudo mais, ela sorriu. Ficou muito feliz em saber do blog e de nosso trabalho recuperando o passado dessa dança.
Suhaila Salimpour - Estúdio Suhaila em San Pablo

Para coroar tantas emoções, afinal o blog existe por causa dessas fortes e incríveis mulheres. Chegou o dia, eu esperava, mas não tinha certeza que ocorreria, de conhecer MASHA!!!
Jesus quanta emoção, meus olhos marejaram na hora que a vi... ela me olhou e disse eu lhe conheço. Fiquei atônita, conhece? Sim, conheço... você não é a moça que curte tudo que eu posto? Eu sorri e disse SOU EUUUUUUUU.  Foi então que o mundo parou: - Eu vejo suas coisas, sei quem você é.

Oiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii????? Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhh, morri 1000x e arrumei coragem para voltar ao mundo dos vivos e ficar relembrando. Não é sempre que conhecemos uma pessoa que admiramos tanto e não nos decepcionamos.
Masha, eu te amo...você é a DIVA QUEEN DOS BADULAQUES!!!
Masha Archer, eu te amo!!!
Pronto missão cumprida... nossas Pilares todas aqui, representadas.
Xeros no pulsante.

Postar um comentário