6 de maio de 2015

HISTÓRIA DO ESTILO TRIBAL AMERICANO - PARTE II

UMA HISTÓRIA DO ESTILO TRIBAL AMERICANO

Texto extraído do Blog Tribal Mind
*por Rina Orellana Rall, principal dançarina FCBD 1988-1998
Tradutora: Suzana Guerra | Revisão: Aline Oliveira
Um exemplo principal de Estilo Tribal Americano apresentado hoje é da FatChance BellyDance da qual eu sou a diretora assistente e com a qual tenho me apresentado desde 1989

Tenho uma tendência a querer usar a forma de dança como meu próprio veículo de auto expressão sem prestar muita atenção ao contexto cultural. 

No entanto, sei que sem o fundo cultural eu nunca determinaria a dança por inspiração. Então, focarei na linhagem direta que levou até o estilo da FatChance e o contexto cultural do qual a forma de dança originou-se.


A linhagem começa com as dançarinas ciganas da África do Norte, particularmente as Ghawazee do Egito e as Ouled Nail da Argélia

As dançarinas ciganas apresentaram-se nos Estados Unidos em 1893 na Grande Exposição de Columbia em Chicago

O movimento que estas dançarinas criaram, gerou espetáculos burlescos e inspirou todo um novo gênero de Hollywood, da mulher sedutora. 


"As dançarinas árabes foram atraídas a este glamour e quiseram imitar os ideais ocidentais. Então elas adotaram a versão de Hollywood como sua própria versão. Assim, a dança do ventre de cabaré egípcio moderna tradicional, é uma construção norte americana, que foi modificada pelas árabes para suas próprias necessidades artísticas e econômicas." (Rina Orellana Rall)

Jamila Salimpour, americana, é considerada a criadora da Dança do Ventre de Estilo Tribal Americano

Seu grupo de dança, Bal-Anat, construiu o caminho para outras usarem uma fusão das várias danças regionais do Oriente Médio e norte da África, como inspiração para sua própria versão de dança do ventre

Masha Archer, uma ex-aluna de Jamila, acrescentou mais uniformidade ao novo estilo, por meio de não distinção entre as regiões e simplesmente identificando-as como dança do ventre

Carolena Nericcio formou a FatChance BellyDance depois de estudar com Masha e combina as metodologias das duas professoras. 

O que essas artistas norte americanas têm em comum com suas criadoras ciganas é que todas elas adaptaram a dança para atender suas necessidades de sobrevivência e de valor de entretenimento.


Estilo Tribal Americano é um estilo de fusão étnica, influenciado pela dança do Oriente Médio mas inspirado pelas sensibilidades artísticas norte americanas. 

Não tem nada a ver com a representação de uma tribo particular, mas combina vocabulários de movimento e traje regional para formar uma apresentação coesa. 

A parte "Americana" do rótulo reconhece que as dançarinas estão continentes de distância da cultura que criou a forma de dança e estão tirando licença artística com ela. 

No entanto, elas ainda devem reconhecer, respeitar e honrar as raízes. 

A aparência do Estilo Tribal Americano parece autêntica por causa de sua semelhança com várias tribos ciganas por toda a África do Norte, Oriente Médio e Índia. Muitas vezes, os Árabes comentam que o estilo os lembra do 'lar'. 

No entanto, os trajes não são autênticos, mas dão a sensação de lar.

(texto com mais partes)


Texto extraído do Blog Tribal Mind
*por Rina Orellana Rall, principal dançarina FCBD 1988-1998
Tradutora: Suzana Guerra | Revisão: Aline Oliveira
Postar um comentário