27 de novembro de 2014

140 - DeANN ADAMS

140 por Maria Carvalho - SEMANA 26

"Eu poderia fazer uma música para você."

Assim se apresentou Doug, a sua futura mulher DeAnn. Ele era músico formado pela Universidade do Texas, mudou para San Francisco para se aventurar em sua arte e encontrou sua musa inspiradora.
Ele acredita ter ouvido os snujs, mesmo antes de ver DeAnn em sua apresentação semanal no club The Holy City Zoo, e dias depois ele fazia parte de sua banda de música árabe.

Em meio as intempéries de viver da arte, DeAnn teve a ideia de lançar um álbum com as músicas que Doug compôs para sua dança e assim nasceu Dream Dancer.  Big surpresa, as músicas compostas para serem dançadas em solos de bellydance na verdade despertaram interesse de uma cia de ballet que as incorporou em seu repertório, levando para os palcos o ballet mais exótico e sensual já visto.

O vídeo publicamos ontem, lindo não?! Apaixonei... acredito que essa foi a sensação de DeAnn.

Vendo a história deste dueto percebo que DeAnn jamais soleou, pelo menos não depois de conhecer Doug, o vínculo que os imantava acabaram por formar uma parceria que durou toda vida da linda bailarina dos zils encantados. As músicas tinham uma razão de existir e assim um impulsionava e inspirava o outro a seguir criando.

"Todas as músicas que eu escrevi, foram baseadas em performances ao vivo de DeAnn. Na verdade, eu fiz isso olhando para cima, enquanto observa sua dança com a espada." (Doug)

Mas não só as músicas, há pinturas, desenhos de Doug, todos representando a potência dos seus sentimentos por DeAnn.

Quem, como eu, for louco por bolachões (vinil) corre e garimpa aí, deve haver umas 100 cópias de Dream Dancer por esse mundo de Meu Deus.


Super xeros
Vamo que vamo





Postar um comentário