11 de setembro de 2014

217 - JOHN COMPTON

217 Natália Espinosa - SEMANA 15

Mesmo após sair do Bal Anat, em 1975, John Compton manteve-se sempre fiel ao estilo de dança e performance que aprendeu com Jamila Salimpour

Em entrevista, Compton disse que quando Suhaila cresceu e começou a desenvolver seu método, Jamila abandonou sua antiga técnica, e inclusive chegou a querer que ele ensinasse o novo estilo de Suhaila

Ele negou. Nas palavras de Compton: “Eu não posso fazer essa coisa nova. Jamila me treinou para dançar seu estilo antigo, e foi com esse estilo que continuei”. Seu grupo Hahbi’Ru seguia a estética e técnica do antigo Bal Anat e visava trazer ao público a experiência de assistir a grupos folclóricos e tradições urbanas do Oriente Médio e Norte da África, porém com o elemento ocidental do show em palco.

John Compton e o ATS

Traduzido livremente da entrevista dada por Compton:

"A comunidade da dança do ventre está equivocadamente chamando minha trupe, Hahbi' ru, de Estilo Tribal Americano (American Tribal Style), e nós até fomos parar no livro chamado "Tribal Bible"! Nós não somos! Eles têm, em minha opinião, uma postura tensa e se apresentam de forma bem diferente da nossa. Os nomes de seus movimentos são os mesmos que os nossos, mas eles se apresentam mais como uma equipe de ordem unida [n.t: um termo militar] com os passos cabendo certinho em uma forma estruturada. O Hahbi'ru é diferente e único, talvez nós devêssemos ser rotulados como "Tribal Folclórico". 

Para mim, tribal é relacionado a unidade familiar, e certamente o ATS, o Bal Anat de Jamila Salimpour e o Hahbi 'Ru têm isso em comum. 

Nós baseamos nossas danças em tradições, mas interpretamos essas tradições e com um pouco de licença criativa modificamo-nas e fazemo-nas dignas do palco. Sim, nós acrescentamos alguns movimentos modernos, mas tentamos integrá-los em uma forma antiga. O grupo de Jamila tinha uma aparência dos anos 40 ou  50. Era um visual pesado de tecido Assuit que eu acredito  que ela pegou de fotografias antigas. Eu descreveria nosso estilo no Hahbi' Ru como bucólico chamativo ou look folclórico colorido.”
 


Postar um comentário